Díli, 11/03/2020, A Diretora Executiva do Fundo de Desenvolvimento do Capital Humano (FDCH) Sra. Leila Cárceres dos Santos recebeu no seu Gabinete o Encarregado de Negócios da Embaixada do Brasil em Díli Sr. Octávio M.G. Lopes com o objetivo de discutir sobre as possibilidades de cooperação entre o Governo do Brasil e o FDCH em relação ao programa de bolsas de estudo que o Governo do Brasil oferece para os timorenses.

No encontro o Encarregado de Negócios da Embaixada do Brasil Sr. Octávio M.G. Lopes apresentou dois programas principais que neste momento existem nomeadamente o Programa de Estudantes-Convênio de Graduação (PEC-G) que é para os timorenses estudarem no nível de licenciatura (S1) com as propinas grátis e o Programa de Estudantes-Convênio de Pós-Graduação (PEC-PG) que é um programa que oferece bolsas de estudo pelo Governo do Brasil para o nível de Mestrado (S2) e Doutoramento (S3).

A Diretora Executiva do FDCH Sra. Leila Cárceres dos Santos na sua intervenção agradeceu muito o apoio do Governo do Brasil e expressou o desejo que a cooperação melhore ainda mais com a Embaixada de modo a contribuir para o desenvolvimento dos recursos humanos em Timor-Leste.

A acompanhar o encontro estiveram presentes a Assessora do FDCH Sra. Ana Paula dos Santos, os Técnicos Jurídicos, os Coordenadores e os Chefes de Departamento e um funcionário da Embaixada do Brasil.

Com base nos dados apresentados o FDCH até ao presente momento tem 267 pessoas com bolsas de estudo do governo de Timor-Leste através do financiamento do FDCH que se encontram a estudar no Brasil em diversas áreas e desse total 160 já terminaram os seus estudos e 87 bolseiros continuam ativos. (Média_FDCH)

Related Post :


Total Viewer : 251 Views || Category: Notícia